suissSuíça continua a atrair empresas nacionais

 O presidente da Câmara de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, considerou que a Suíça continua a atrair as empresas nacionais, fazendo “todo o sentido” fomentar a cooperação e o desenvolvimento económico entre os dois países.

O Plano Estratégico de Desenvolvimento Económico e Emprego para Santa Maria da Feira centra-se no trabalho em rede e na cooperação estratégica para a área económica, assente numa cultura empresarial cada vez mais voltada para o exterior e, simultaneamente, na captação de investimento para o nosso território. O mercado suíço é um bom exemplo

para cumprirmos esse objectivo”, afirmou. 

Emídio Sousa convidou o secretário-geral da Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal, Gregor Zemp, a conhecer a realidade concelhia esta quinta-feira, visitando um conjunto de empresas ligadas ao calçado, cortiça, metalomecânica e desenvolvimento de software informático.

Quisemos mostrar os principais sectores de actividade no município, a nossa oferta e as possibilidades que temos em dar respostas às necessidades do mercado suíço”, disse.

Já tivemos uma missão à Suiça, promovemos no início do ano uma mostra do calçado e marroquinaria em Genebra e agora demos a conhecer parte do nosso tecido empresarial. Naturalmente que esperamos que a iniciativa vá resultar em negócios”, sublinhou o presidente da autarquia, adiantando que, “dado o grande interesse manifestado”, Gregor Zemp irá voltar a Santa Maria da Feira para contactar com mais empresas já durante o próximo mês.

Sendo o território suíço um importante investidor no nosso país, a Câmara de Comércio e Indústria Suíça em Portugal serve de intermediário entre estes dois países, promovendo as trocas bilaterais. A instituição foi fundada em 1987 devido à expansão das trocas comerciais entre Portugal e a Suíça.