Depois de um longo processo nebuloso e incerto, a administração desta conhecida empresa de calçado de Fiâes, no Concelho de Stª Mª da Feira, comunicou recentemente aos seus trabalhadores que a mesma falira e estava por isso encerrada.

Além de estar a dever o salário do mês de Agosto e metade do subsídio de férias, a direcção da AJAX, tem-se recusado a assumir o despedimento dos cerca de 40 trabalhadores e a facultar-lhes, em consonância, os documentos necessários para defesa dos seus legítimos direitos.

A situação é ainda mais grave e paradoxal tendo em conta que os responsáveis desta unidade industrial estão a laborar, há vários meses, numa outra freguesia no maior dos segredos e aparente ilegalidade.

Tudo isto acaba por vir confirmar, mais uma vez, as dificuldades que sentem actualmente as pequenas e médias empresas para sobreviver, fruto das políticas dos vários Governos que potenciam a concentração da produção em grandes grupos económicos, inclusive no sector do calçado, com todas as consequências inerentes para a pequena e média indústria do mesmo – despedimentos em série, encerramentos uns atrás dos outros.

Por outro lado, o que se está a passar com a AJAX, deita por terra o quadro fantasioso que o actual Presidente da Câmara tenta “ pintar “ sobre a percentagem pretensamente reduzida de desemprego no Concelho feirense, que, como se sabe, à imagem da que tem sido difundida pelo Governo Passos / Portas, omite os números da emigração em massa e os desempregados em acções de formação.

O PCP ao denunciar todo este processo anti-social e ilegal, apela aos trabalhadores da AJAX para se unirem em defesa dos seus direitos.

É urgente travar este rumo de desastre. Só uma política alternativa, patriótica e de esquerda o poderá fazer.

                       Não à destruição do aparelho produtivo!

 Comissão Concelhia de Stª Mª da Feira do PCP