emiescolasFormação deve dar respostas às empresas locais

O presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, apelou à comunidade docente para “dar o seu melhor” na formação dos seus alunos, numa altura em que o País procura caminhos para inverter a actual situação de crise.

Tenham orgulho naquilo que fazem, compreendo que é um trabalho complexo e nem sempre reconhecido”, disse, considerando que “os professores são os grandes artífices da competitividade”.

Emídio Sousa voltou a acentuar a importância da formação adequada à real necessidade das empresas locais, que “necessitam urgentemente” de respostas por parte do meio escolar.

A formação profissional é decisiva para a integração dos jovens no mercado de trabalho e nas empresas”, sublinhou, dando conta de que “há um desfasamento entre o que a formação formal oferece e o que o mercado de trabalho precisa”. “Temos de corrigir isso e envolver todos neste processo”, acrescentou Emídio Sousa.

O autarca falava esta sexta-feira na abertura das VIII Jornadas da Educação, a decorrer na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira sob o tema “Da Escola que temos à escola que queremos”.

A iniciativa – promovida pelo pelouro da Educação da autarquia – visa oferecer aos agentes educativos “a oportunidade de partilhar e favorecer o intercâmbio de práticas educativas consideradas exemplares para melhor se compreender os desafios e obstáculos que hoje enfrentamos no seio educativo”.

Os trabalhos, que se prolongam até este sábado, pretendem ainda fomentar a reflexão e a abordagem em torno dos valores da família, dando especial atenção à infância e à adolescência.