romaO senhor deputado António Cardoso esteve em Roma, no Senado Italiano na Conferência dos representantes dos Parlamentos Europeus- COSAC

Um breve resumo da sua intervenção:

“Falar do papel da União Europeia no Mediterrâneo, é obrigatório fala do Norte de África e da Península ibérica.

Particularmente de Marrocos e Portugal pelas suas elevadas capacidades de produção de energia elétrica a partir de fontes de energia renováveis (solar e eólica). Além desta capacidade energética da Península Ibérica e de Marrocos em abastecer energeticamente outros países da União Europeia, Portugal goza de uma situação Geo-estratégica que garante ser uma alternativa ao atual fornecimento de energia à Europa vindo de países vizinhos de Leste.

Para que essa alternativa seja possível é preciso que a Comissão Europeia financie as interligações energéticas da Península Ibérica

Ao resto da Europa apoiando a construção do gasoduto e da rede elétrica transnacional através dos Pirenéus.”