aridetADRITEM congrega parcerias em territórios de comunidades costeiras

 A apresentação de uma candidatura à implementação de um instrumento Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) Costeiro é “um desafio estratégico” para a Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM), afirmou o presidente da instituição e da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa.

Estamos a trabalhar também em território costeiro, designadamente em Gaia, Espinho e Gondomar, no sentido de gizarmos a pré-qualificação da parceria para posterior submissão de estratégias de desenvolvimento local, constituindo a primeira fase do processo de implementação do DLBC. A nossa experiência e competências adquiridas no anterior quadro comunitário de apoio, levaram-nos a avançar com mais este desafio e a trabalhar com estes municípios vizinhos”, disse Emídio Sousa.

A ADRITEM, inicialmente constituída pelos Municípios de Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis, alarga assim o seu âmbito de actuação.

A ideia é que a ADRITEM assuma a coordenação técnica da candidatura a uma das novidades do novo período de programação comunitária, Portugal 2020.

Esta parceria assenta no DLBC Costeiro, que incide em territórios de comunidades pesqueiras e costeiras com população entre 10.000 e 200.000 habitantes.

Nesse sentido, Gaia e Espinho receberam recentemente as Jornadas Técnicas para o Desenvolvimento Local, numa iniciativa promovida pela ADRITEM, em colaboração com as autarquias. A compreensão da realidade local passa também pelo “diagnóstico” que permita identificar as necessidades, detectar eventuais problemas e dar conta dos recursos e das potencialidades.

A iniciativa da ADRITEM é um passo absolutamente essencial, na medida em que a organização dos territórios não termina com os limites dos municípios”, salientou o vice-presidente da Câmara de Espinho, Vicente Pinto.

Estas parcerias intermunicipais são fundamentais para que os territórios se desenvolvam de uma forma coesa e, neste particular, se potencie os efeitos dos investimentos financiados pelo novo quadro comunitário de apoio”, frisou.

Para o presidente do Conselho de Administração da Gaiurb, Daniel Couto, faz “todo o sentido” a união de esforços promovida pela ADRITEM para executar o DLBC Costeiro.

A adesão às Jornadas Técnicas para o Desenvolvimento Local, sobretudo por parte do movimento associativo, correspondeu às nossas expectativas e, por isso, espero que seja o primeiro passo para a concretização de um projecto importante para a região”, acrescentou Daniel Couto.

 

06 de Fevereiro de 2015