emidioclausterPresidente da autarquia quer um concelho com ambição

O Presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, defendeu hoje, no Europarque, que o município “reúne todas as condições” para ser a sede de um “cluster” da saúde.

Temos que ser ambiciosos. O nosso território reúne condições excepcionais para novos investimentos neste sector, tão determinante na sociedade“, disse o autarca, destacando estar já a desenvolver contactos para a instalação de equipamentos, serviços, tecnologias e investigação na área circundante ao Europarque.

Emídio Sousa lembrou a nova unidade de vanguarda ao nível da terapia oncológica, inaugurada na passada semana, que se assume como um dos melhores centros de diagnóstico, tratamento e investigação de cancro do mundo.

Há muito que falamos na diversificação do nosso tecido empresarial e este projecto de grande envergadura é, para nós, o embrião para olharmos para o sector da saúde como um possível futuro ‘cluster’ de Santa Maria da Feira“, sublinhou.

A criação de emprego altamente qualificado tem que ser o nosso próximo desígnio, para rentabilizarmos os grandes investimentos que fizemos na qualificação dos nossos jovens. Temos que ter uma visão global dos negócios, mas a base deve ser sempre no nosso País, que é excepcional para se viver“, acrescentou.

O autarca falava esta sexta-feira na abertura das I Jornadas de Cuidados Respiratórios Domiciliários, a decorrer no Europarque, numa organização da Acail Gás Medicare, empresa de Santa Maria da Feira.

O evento, que recebeu especialistas de todo o País, pretende promover uma análise e discussão do estado actual dos cuidados respiratórios domiciliários, da prescrição electrónica médica e das doenças respiratórias no geral.

Com estas jornadas, a Acail Gás Medicare ambiciona “iniciar uma tradição nos cuidados respiratórios domiciliários que prime pela qualidade e pertinência de conteúdos“.