Neste ano em que se comemora o 26º aniversário da elevação de Mozelos a Vila, o júri do Prémio Manuel Laranjeira decidiu atribuir a distinção a António Ferreira Pinto – ex-dirigente do GDC Mozelos e da Federação das Coletividades de Cultura e Recreio do Concelho de S. M. da Feira, pela sua capacidade artística e cultural.

O Prémio Manuel laranjeira consiste na distinção anual de uma personalidade em Mozelos pelo seu trabalho ao serviço da cultura, do desporto, da arte ou da ação social, é realizada em parceria com a Junta de Freguesia de Mozelos e está integrada nas comemorações do aniversário da Vila de Mozelos.

Tendo em conta o princípio de rotatividade de âmbito territorial e de tema, este ano, o júri independente, a quem compete selecionar uma pessoa entre os diversos nomeados, teve como desafio distinguir uma pessoa de Mozelos na área da cultura, atribuindo a referida distinção a um dirigente histórico da própria coletividade, que deixou a liderança do GDCM no final do ano 2013.

Na opinião do júri, o mérito de António Pinto é transversal a todos os temas referidos:

A nível cultural, foi autor e compositor de canções, dramaturgo e encenador de peças de teatro, foi também diretor do jornal “Feira Norte” e da revista “Cultura e Recreio”, publicou alguns textos de poesia, teatro e narrativa, foi animador cultural e dirigente associativo de reconhecida competência e é atualmente o técnico responsável pela estrutura de formação da Federação das Coletividades da Feira.

A nível desportivo, promoveu a realização de torneios de futebol infantil com equipas dos vários lugares, torneios escolares e favoreceu o lançamento das modalidades de Taekwondo e Ginástica Feminina…

A nível artístico, foi ator, músico, desenhador e pintor…

A nível social, foi sócio fundador do Centro de Apoio Social de Mozelos e está ligado a diversas instituições de solidariedade social, fundou uma cooperativa de habitação e promoveu a construção de 123 habitações a custos controlados e foi eleito para a assembleia de freguesia e assembleia municipal.

António Pinto começou a sua vida social no grupo de jovens da paróquia de Mozelos distinguindo-se logo no início dos anos oitenta, do século passado pela sua dedicação e competência ao nível da participação cívica, integrando diversos movimentos de solidariedade onde assumiu funções de coordenação regional e nacional, que o levaram a participar em reuniões e congressos nos diversos países da europa e da américa latina.

Pelo seu testemunho, pela sua capacidade e pela sua obra realizado… António Ferreira Pinto será distinguido em Mozelos, no salão nobre da Junta de Freguesia no dia 4 de julho, pelas 15 hora e 30 minutos, com o Prémio Manuel Laranjeira, neste ano de 2015, associando assim o seu nome à história de Mozelos e a uma das maiores personalidades das Terras de Santa Maria que foi Manuel Laranjeira.

O Prémio Manuel Laranjeira foi instituído em 1990 e já distinguiu diversas personalidades entre as quais se destacaram: o autarca Alfredo Henriques; o pintor António Joaquim; os escritores Anthero Monteiro e Orlando Silva; o gestor Carlos Martins; o dirigente Fernando Ferreira; a atleta Maria Fernandes e o padre Bernardino Queiroz Alves, entre duas dezenas e meia de personalidades de Mozelos e das mais diversas freguesias do Concelho de S. M. da Feira.

Miguel Pinto
Presidente da direção do GDCM