image

Rui Paixão, o jovem artista feirense que da animação de rua, em Santa Maria da Feira, saltou para os palcos do mundo integrando a companhia canadiana Cirque du Soleil, vai ser distinguido pelo GDCM com o Prémio Manuel Laranjeira 2016. A cerimónia de entrega do prémio será realizada no próximo sábado, dia 25 de junho, pelas 15 horas, no salão da Junta de Freguesia de Mozelos.

Rui Paixão formou-se em teatro na Academia Contemporânea do Espetáculo, terminando o curso em 2014. Ao longo da sua primeira experiência profissional desenvolveu um trabalho de investigação e exploração do clown contemporâneo. Foi considerado pelo Imaginários a revelação das artes de rua em Portugal. Venceu o Prémio “Off Circada” em Sevilha como artista emergente no circo contemporâneo. Participou no “Fringe Festival de Edimburgo”, um dos maiores festivais do mundo. Passou na audição do Cirque du soleil, tornando-se assim o primeiro palhaço a conseguir esse feito. Colabora regularmente como intérprete da Companhia Radar 360 e fundou a companhia “Cão à Chuva”.
Foi no movimento associativo juvenil do Concelho de S. M. da Feira, na Associação AMAR – Academia de Musica e Artes de Rio Meão, que Rui Paixão deu os primeiros passos na arte de representação. Foram os maiores eventos culturais do concelho, a Viagem Medieval e o Imaginários, que lhe permitiram deste muito jovem as suas primeiras experiências de representação. Rui Paixão é o exemplo vivo da energia positiva da nossa juventude.
Pela sua capacidade artística, pela sua criatividade, pelo seu empenho, pela sua determinação, Rui Paixão é hoje considerado o melhor entre os melhores nas artes circenses, razão pela qual será distinguido em Mozelos, com o Prémio Manuel Laranjeira 2016.
O Prémio Manuel Laranjeira é uma iniciativa do GDCM Grupo de Dinamização Cultural de Mozelos, que tem como objetivo distinguir anualmente uma personalidade pelo trabalho realizado au serviço da Cultura, do desporto, da Arte ou Ação Social.
A nomeação foi aprovada por um júri autónomo que tendo em conta a regra da rotatividade de área temática e âmbito territorial distinguiu Rui Paixão, entre os diversos nomeados, na área das Artes e de âmbito Concelhio.
Recordando as distinções mais recentes, em 2015 foi distinguido António Pinto, na área da Cultura, de âmbito local; em 2014 foi distinguido Alfredo Henriques, na área da Ação Social, de âmbito Concelhio; em 2013 foi distinguido Américo Resende, na área do Desporto, de âmbito local; em 2012 foi distinguido António Joaquim, na área da Arte, de âmbito Concelhio.
Esta distinção é realizada em parceria com a Junta de Freguesia de Mozelos, tem o apoio da Câmara da Feira e do IPDJ e está integrada nas comemorações do 27º aniversário da Vila de Mozelos.

Pelo GDC Mozelos
A direção

Advertisements